Entre mil coletâneas

Coletâneas de músicas favoritas ajudam alembrar bons momentos.

Coletâneas de músicas favoritas ajudam a lembrar bons momentos.

Eu adoro fazer coletâneas. Tenho um zilhão delas. Elas servem para lembrar o quê eu estava escutando na época em que foram gravadas. E também trazem algumas memórias. Na época que estava apaixonada por fulano, resolvi gravar “Time After Time” da Cindy Lauper ou na época em que era roqueira gravei “Sweet Child’o mine” dos Guns’n Roses. Depende do momento. Passei por diversas fases, como uma verdadeira aquariana, por isso precisa documentá-las. E é uma delícia escutá-las de novo. Algumas eu escuto e penso: “Nossa, não acredito que eu gostava disso” ou “Essa é legalzinha”. Mas não acontece de ter vergonha, me orgulho das minhas fitas.

Gravo músicas em fitas desde quando era criança. Lembro da época em que ficava horas esperando a canção tocar na rádio para gravar. Tinha fitas do Bon Jovi e Aerosmith. Dividia em categorias: fitas românticas, fitas para dança ou fitas de rock’n roll. Passava a semana inteira escutando elas.

Hoje em dia, já não gravo com tanta freqüência, prefiro fotos. Mas acho ótimo ter algo que lembre bons momentos. Não importa se uma cd, fotografias ou diários. Tudo vale, não hora de guardar boas memórias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s